terça-feira, 17 de julho de 2018

Campeonato Brasileiro de Aspirantes – 4ª rodada

Rafael Passos

A competição será divida em três fases. Na primeira, os times serão divididos em dois grupos de oito equipes. Cada membro do grupo enfrentará os clubes da outra chave uma vez. Os quatro melhores colocados de cada chave se classificam para a fase seguinte.

Na segunda fase, as equipes que passarem em cada chave formarão um novo grupo, com quatro clubes cada. Nesta etapa, os times se enfrentarão dentro de seu próprio grupo, em turno e returno. Avançam quatro equipes nesta fase, duas por grupo.

Nas duas primeiras fases, apresentam-se como critérios de desempate, nesta ordem, o número de vitórias, o saldo de gols, o número de gols feitos, o menor número de cartões vermelhos, o menor número de cSartões amarelos e, caso todas as anteriores sejam iguais, será realizado um sorteio.

A partir da terceira fase, a competição será disputada no formato de mata-mata. O primeiro colocado de cada grupo enfrentará o segundo colocado da outra chave. Serão realizadas semifinais e final, com partidas de ida e volta, para definir o grande campeão da edição de 2018 do Brasileirão de Aspirantes.

11/7/2018 - Grupo A
Estádio do Vale - 21h15
Grêmio 1 x 1 Internacional
Isaque 40′ 1T (G)
Edson Carvalho 45′ 2T (I)

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Foto: Leonardo Fister/Internacional

Gre-Nal pelo Brasileirão de Aspirantes termina empatado

No clássico Gre-Nal válido pela quarta rodada do Brasileirão de Aspirante, Grêmio e Inter ficaram no 1 a 1 na noite desta quarta-feira (11), no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Reforçado de Madson e Hermane o Brocador, o Tricolor saiu na frente com Isaque, no fim do primeiro tempo. Porém, no apagar das luzes da etapa complementar, Edson Carvalho deixou tudo igual para o Colorado.

Com o resultado, o Grêmio soma oito pontos e está em primeiro no Grupo A, mas pode ser ultrapassado ao término da rodada. Já o Inter tem sete e segue na liderança do Grupo B e também pode perder posição. Na próxima rodada, no dia 24 de julho, o Grêmio enfrenta o Santa Cruz no Arruda, em Recife. Já o Colorado, no dia 30, recebe o Goiás no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Este foi o segundo clássico em sequência na semana. No último domingo (8), em Alvorada, as duas equipes empataram em 2 a 2 pela partida de ida das finais do Gauchão Sub-20. E ainda haverá um terceiro confronto. No próximo sábado (14), às 15h, no CFT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, acontece a finalíssima do Estadual. Quem vencer leva a taça. Pelo saldo qualificado o Tricolor tem a vantagem do empate em 0 a 0 e 1 a 1. Já o Colorado precisa de uma vitória simples ou de um empate com gols a partir de 3 a 3 para conquistar levar o bicampeonato. Uma nova igualdade em 2 a 2 leva a decisão para os pênaltis.

O jogo

No gramado do Estádio do Vale, o termômetro marcava 10° C, mas início de jogo gelado fazia a sensação térmica despencar. Nos primeiros 15 minutos nenhum lance de perigo ocorreu. Cinco minutos depois, Pepê invadiu a área pela esquerda e tentou um cruzamento, mas o zagueiro colorado, Windson afastou.

O primeiro chute à meta foi dado apenas aos 26 minutos, e foi do Inter. Edson Guilherme recebeu em frente à área de Bruno José e arriscou, mas mandou por cima do gol de Brenno. Dois minutos depois, Madson foi a linha de fundo pela direita e cruzou para a área, o goleiro Kevin deu rebote, e Hernane completou para o gol, mas a arbitragem anulou o lance, alegando saída de bola na jogada de origem.

Aos 33, Matheus Henrique centrou para o centroavante Hernane. O atacante mandou de cabeça, mas o goleiro colorado conseguiu a defesa. No rebote, Vico chutou forte, para mais uma defesa de Kevin.

O Inter respondeu, aos 35, Ronald escapou pela direita, cruzou e defesa afastou. Na sobra, Ramon finalizou por cima. Depois da insistência, o Tricolor abriu o escore aos 40 minutos. Vico cobrou escanteio na segunda trave, o arqueiro Kevin saiu mal do gol. Denílson desviou de cabeça e Isaque, na pequena área, empurrou para as redes. Grêmio 1 x 0 Internacional. Nos últimos instantes, o lateral colorado, Iago Barbosa cobrou uma falta da intermediária, mas Brenno fez a defesa com segurança.

Na etapa final, o Inter voltou com Edson Carvalho no lugar de Ronald e buscou adiantar a marcação e jogar no erro dos comandados de Thiago Gomes. Aos três minutos, o camisa 9 gremista, Hernane tentou a jogada individual pelo meio, mas o lance parou na defesa colorada. Na sequência, o técnico Thiago Gomes fez duas novas substituições: Isaque deu lugar a Ferreira e Vico a Jean Pyerre.

Aos 16 minutos, os donos da casa quase ampliaram o marcador. Em jogada pela esquerda, Baiano acionou Pepê, que foi a linha de fundo e cruzou na área. Ferreira finalizou de cabeça, mas Kevin defendeu. Aos 18, Bruno José recebeu de Edson Guilherme e chutou, mas torto, quase na bandeirinha de escanteio.

O Colorado tentava o ataque, mas não levava perigo ao gol gremista. José Aldo tentou um chute da intermediária aos 22, mas sem força. Brenno segurou com tranquilidade. Aos 26 minutos, Edson Carvalho arriscou de longa distância e Brenno segurou firme. Aos 38, Cesinha encontrou Ramon na grande área, o lateral-esquerdo colorado bateu com perigo pela linha de fundo.

A estratégia do Grêmio de manutenção do resultado foi por água abaixo aos 45 minutos. Em cobrança de falta rápida pelo lado esquerdo, Neto recebeu e cruzou na área do Grêmio. A bola bateu no peito de Edson Carvalho, enganou Brenno, e morreu no gol. E o clássico Gre-Nal ficou mesmo no 1 a 1.

Grêmio 1 x 1 Internacional
Ficha Técnica
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Arbitragem: Daniel Aloysius Soder (RS), auxiliado por André da Silva Bitencourt (RS) e Fabricio Lima Baseggio (RS)
Gols: Isaque 40′ 1T (G); Edson Carvalho 45′ 2T (I)
Cartões amarelos: Derlan, Rodrigo Ancheta (G); Fábio Alemão, Ramon, Cazzetta e Roberto (I)

Grêmio: Brenno, Madson, Denilson, Derlan, Kaio (Rodrigo Ancheta), Baiano, Pepê (Tetê), Matheus Henrique, Isaque (Ferreira) e Vico (Jean Pyerre); Hernane (Lucas Araújo). Técnico: Thiago Gomes.

Internacional: Kevin, Iago Barbosa, Windson, Fabio Alemão e Ramon; Jéferson, Edson Guilherme (Jadson) e José Aldo (Cesinha); Ronald (Edson Carvalho), Bruno José (Netto) e Igor Trindade (Jefferson Victor). Técnico: Ricardo Colbachini.

12/7/2018 - Grupo B
Couto Pereira - 19h
Coritiba 2 x 0 Sport
Nathan 10' 1T
Henrique 42' 2T

12/7/2018 - Grupo B
Pituaçu - 21h15
Bahia 3 x 1 Atlético-PR
Joilson 15' 2T (B)
Willean Lepo 18' 2T (B)
Joilson 33' 2T (B)
Marcelo 27' 2T (APR)

13/7/2018 - Grupo A
José Liberatti - Osasco
São Paulo 1 x 1 Avaí
Pedro Bortoluzo 23' 2T (SP)
Lucas de Sá 40' 2T (A)

17/7/2018 - Grupo B
Arena Condá - 17h
Chapecoense 2 x 1 Atlético-GO
Kendy 33' 1T (C)
Régis 31' 2T (C)
Jean 7' 2T (AGO)

17/7/2018 - Grupo B
Orlando Scarpelli - 19h
Figueirense 0 x 4 Vitória
Júnior 3' 1T
Ruan 6' 1T
Eron 44' 1T
Jhemerson 23' 2T

18/7/2018 - Grupo A
Independência - 17h30
América-MG 4 x 2 Santa Cruz
Michel 8' 1T (A)
Johnny (contra) 15' 1T (A)
França 26' 2T (A)
Felipinho 32' 2T (A)
Elias 25' 1T (SC)
Jonathan 9' 2T (SC)

19/7/2018 - Grupo A
Olímpico Pedro Ludovico - 17h30
Goiás 1 x 1 Santos
Jacó 19' 1T (G)
Sabino 27' 2T (S)



Artilheiros

4 gols
Diego Cardoso - Santos

3 gols
Felipinho - América-MG

2 gols
Luis Henrique - Grêmio
Robson - Goiás
Thalles - Goiás
Odilavio - Goiás
Léo Xavier - Vitória
Álvaro - Internacional
Joilson - Bahia
Kendy - Chapecoense

1 gol
Eron - Vitória
Sony Anderson - Vitória
Alex Cruz - Vitória
Júnior - Vitória
Ruan - Vitória
Eron - Vitória
Jhemerson - Vitória
Giovanny - Atlético-PR
Weverton - Atlético-PR
Lucas Ribamar - Atlético-PR
Yago - Atlético-PR
Daniel - Atlético-PR
Éder - Atlético-PR
Marcelo - Atlético-PR
Bruno Jackel - Chapaecoense
Guilherme -  Chapecoense
Vini - Chapecoense
Régis - Chapecoense
Tetê -  Grêmio
Ferreira - Grêmio
Alisson - Grêmio
Kaio - Grêmio
Pepê - Grêmio
Isaque - Grêmio
Lima - Avaí
Vitor - Avaí
Lourenço - Avaí
Jô -  Avaí
Lucas de Sá - Avaí
Bruno José - Internacional
Edson Carvalho - Internacional
Patrick - Figueirense
Romarinho - Figueirense
Kady - Coritiba
Vinícius Araújo - Coritiba
Evandro - Coritiba
Luizinho - Coritiba
Nathan - Coritiba
Henrique - Coritiba
João Pedro - Atlético-GO
Jean - Atlético-GO
Geovane - São Paulo
Gabriel Rodrigues - São Paulo
Hugo Gomes - São Paulo
Vinícius Garcia - São Paulo
Pedro Oliveira - São Paulo
Pedro Bortoluzo - São Paulo
Jonathan Bryan - Santa Cruz
Elias - Santa Cruz
Jonathan- Santa Cruz
Willian - Santos
Sabino - Santos
Pilar - América-MG
Michel  América-MG
França  América-MG
Willean Lepo - Bahia
Jacó - Goiás

Gols contra
Gabriel Baralhas (Atlético-PR) - Avaí
Johnny (Santa Cruz) - América-MG