segunda-feira, 24 de junho de 2019

Campeonato Brasileiro Sub-20 2019 - 1ª rodada

Rafael Passos

Troféu do Campeonato Brasileiro Sub-20 (Foto: Mauro Horita/CBF)
A quinta edição do torneio organizado pela CBF conta com a participação dos 20 clubes melhores colocados no Ranking Nacional de Clubes 2019.


Forma de disputa

A competição é composta por quatro fases. Na primeira fase, os 20 clubes jogarão entre si, em turno único, classificando-se para segunda fase (quartas de final) os oito primeiros colocados, que disputarão jogos de ida e volta, cujos vencedores se classificarão à semifinal.

Quartas de final

Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
1º colocado
4º colocado
2º colocado
3º colocado
8º colocado
5º colocado
7º colocado
6º colocado

Semifinal 

Na penúltima etapa do torneio, as equipes se enfrentarão em partidas de ida e volta. A final também será decidida em dois jogos.

Grupo F
Grupo G
1º Grupo B
1º Grupo D
1º Grupo C
1º Grupo E


Final

Grupo H
1º Grupo F
1º Grupo G

Terça-feira, 25/6
Janquito Malucelli - Coritiba - 15h
Coritiba x Flamengo

Quarta-feira, 26/6
Leonardo Barbieri - Águas de Lindoia (SP) - 15h
Ponte Preta x Grêmio

Quarta-feira, 26/6
Nivaldo Pereira - Nova Iguaçu (RJ) - 15h
Vasco da Gama x Internacional

Quarta-feira, 26/6
Arena do Jacaré - Sete Lagoas (MG) - 15h
América-MG x Chapecoense

Quarta-feira, 26/6
CEFAT - Niterói (RJ) - 15h
Botafogo x Atlético-MG

Quarta-feira, 26/6
Antonio Carneiro - Alagoinhas (BA) - 15h
Bahia x Athletico-PR

Quarta-feira, 26/6
Arena Pernambuco - São Lourenço da Mata (PE) - 15h
Sport x Palmeiras

Quarta-feira, 26/6
Arena Cajueiro - Feira de Santana (BA) - 15h
Vitória x Santos

Domingo, 30/6
Marcelo Portugal - Cotia (SP) - 11h
São Paulo x Cruzeiro

Domingo, 30/6
A definir - 16h
Fluminense x Corinthians

Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2019 - Série A1 - 10ª rodada

Rafael Passos
Sábado, 29/6
Estádio Universitário da PUCRS, Porto Alegre - 15h30
Internacional x Flamengo

Quarta-feira, 10/7
Maria Abadia - Ceilândia (DF) - 15h
Minas Icesp (DF) x Ponte Preta

Quarta-feira, 10/7
Centro Esportivo Praia do Forte - Mata de São João (BA) - 15h
Vitória x Santos

Quarta-feira, 10/7
Ademir Cunha - Paulista (PE) - 15h
Sport Recife x Ferroviária (SP)

Quarta-feira, 10/7
Barbosão - Chá Grande (PE) - 15h
Vitória/Santa Cruz (PE) x Iranduba (AM)

Quarta-feira, 10/7
Junqueira Ayres - São Francisco do Conde (BA) - 15h
São Francisco (BA) x Kindermann/Avaí (SC)

Quarta-feira, 10/7
Pedro Basso - Foz do Iguaçu (PR) - 16h
Foz Cataratas/Athletico-PR x Corinthians

Quinta-feira, 11/7
José Liberatti - Osasco (SP) - 19h
Audax (SP) x São José (SP)


Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2019 - Série A2 - Quartas de final - jogos de ida

Rafael Passos



Grupo 15
Sábado, 13/7
Presidente Vargas - Fortaleza (CE) - 15h
Ceará x Cruzeiro

Grupo 16
Sábado, 13/7
Estádio Mário Ferreira Guimarães (Baleião) - Belo Horizonte (MG) - 15h
América-MG x Grêmio

Grupo 17
Domingo, 14/7
Josué Anonni - Xanxerê (SC) - 15h
Chapecoense x Palmeiras

Grupo 18
Domingo, 14/7
Joaquinzão - Taubaté (SP) - 15h
Taubaté x São Paulo

domingo, 23 de junho de 2019

Brasil perde para a França na prorrogação e se despede da Copa do Mundo

Rafael Passos

Amandine Henry e Marta duelaram no Stade Océane, em Le Havre (Foto: Getty Images)

A França aguarda o adversário, que será Estados Unidos ou Espanha.(Foto: Getty Images)

Brasil encerra sua participação na Copa do Mundo (Foto: Getty Images)

França superou o Brasil na prorrogação e avançou às quartas da Copa do Mundo(Foto: Getty Images)
A seleção brasileira está fora da Copa do Mundo feminina. O Brasil lutou lutou por 120 minutos e deu deu trabalho para a anfitriã França, que venceu o jogo na prorrogação por 2 a 1, depois do empate em 1 a 1 nos noventa minutos. No duelo disputado no Stade Océane, em Le Havre, Amandine Henry fez o gol do triunfo das "Bleus" por 2 a 1 e eliminou a Seleção da Copa do Mundo feminina. Valerie Gauvin abriu o escore para as donas da casa, enquanto Thaisa marcou para as brasileiras.

A seleção brasileira feminina de futebol deixa a França com uma campanha de duas vitórias e duas derrotas. O time dirigido por Vadão venceu Jamaica (3 x 0) e Itália (1 x 0) e perdeu para Austrália (3 x 2) e França (2 x 1). A próxima competição da equipe do Brasil é a Olimpíada de 2020, em Tóquio.

Classificada, a França aguarda a vencedora do duelo entre EUA e Espanha. A partida pelas quartas de final acontece na próxima sexta-feira (28), às 16h, no Parc des Princes, em Paris.

França 2 x 1 Brasil
Ficha Técnica
Local: Stade Océane, em Le Havre
Arbitragem: Marie-Soleil Beaudoin (Canadá), auxiliada por Princess Brown (Jamaica) e Stephanie-Dale Yee Sing (Jamaica). VAR: Massimiliano Irrati (Itália).
Gols: Valerie Gauvin 7' 2T, Amandine Henry 2' 2T (prorrogação) (FRA); Thaisa 18´ 2T (BRA)
Cartões amarelos: Wendie Renard (FRA); Tamires, Formiga, Bia Zaneratto, Kathellen (BRA)
Público: 23.965 torcedores (capacidade: 24.000)

França: Sarah Bouhaddi; Marion Torrent (Ève Périsset), Griedge Mbock Bathy, Wendie Renard e Amel Majri (Sakina Karchaoui); Amandine Henry, Elise Bussaglia, Kadidiatou Diani e Viviane Asseyi (Gaëtane Thiney); Eugenie Le Sommer e Valerie Gauvin (Delphine Cascarino). Técnica: Corinne Diacre

Brasil: Bárbara; Letícia Santos (Poliana), Kathellen, Mônica e Tamires; Thaísa, Formiga (Andressinha) e Marta; Debinha, Ludmila (Bia Zaneratto) e Cristiane (Geyse). Técnico: Vadão.

Copa América 2019 - Brasil

Rafael Passos

Jogos

Grupo A

1ª rodada
Sexta-feira, 16/6
Estádio do Morumbi, São Paulo
21h30 Brasil 3 x 0 Bolívia
Philippe Coutinho 4' 2T
Philippe Coutinho 7' 2T
Everton 39' 2T

Brasil de Philippe Coutinho e Everton bateu a Bolívia na abertura da Copa América
Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Brasil 3 x 0 Bolívia
Ficha Técnica
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Arbitragem: Nestor Pitana (Argentina), auxiliado por Hernán Maidana (Argentina) e Juan Belatti (Argentina)
VAR: Patrício Loustau (Argentina)
Gols: Philippe Coutinho 4' 2T e 7' 2T, Everton 39' 2T
Cartões amarelos: Coutinho (Brasil); Saucedo (Bolívia)
Público: 46.342 pagantes (47.260 presentes)/Renda: R$ 22.476.630,00

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; Richarlison (Willian), Roberto Firmino (Gabriel Jesus) e David Neres (Everton). Técnico: Tite.

Bolívia: Carlos Lampe; Diego Bejarano, Luis Haquin, Adrián Jusino e Marvin Bejarano; Leonel Justiniano, Fernando Saucedo (Diego Cruz), Raùl Castro (Ramiro Vaca) e Erwin Saavedra (Leonardo Vaca); Alejandro Chumacero e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Sábado, 15/6
Arena do Grêmio, Porto Alegre
16h Venezuela 0 x 0 Peru

Peru e Venezuela não saíram do 0 a 0 em Porto Alegre (Foto: Federação Peruana de Futebol)
Venezuela 0 x 0 Peru
Ficha Técnica
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Arbitragem: Wilmar Roldan (Colômbia), auxiliado por Alexander Guzmán (Colômbia) e Jhon Alexander León (Colômbia)
VAR: Leodán Gonzalez (Colômbia)
Cartões amarelos: Tapia e Carrillo (PER); Luis Mago (VEN)
Cartão vermelho: Luis Mago (VEN)
Público: 13.370/Renda: R$ 2.400.080

Venezuela: Fariñez; Rosales, Chancellor, Villanueva e Luis Mago; Herrera, Moreno (Hernández) e Rincón; Murillo (Soteldo), Savarino (Machis) e Rondón. Técnico: Rafael Dudamel.

Peru: Gallese; Advíncula, Zambrana, Abram e Trauco; Tapia e Yotún (Polo); González (Carrillo), Cueva (Flores) e Farfán; Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

















2ª rodada
Terça-feira, 18/6
Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
18h30 Bolívia 1 x 3 Peru
Marcelo Moreno 28´ 1T (B)
Paolo Guerrero 44´ 1T (P)
Jefferson Farfán 9' 2T (P)
Edison Flores 50' 2T (P)

Peru venceu a Bolívia no Maracanã por 3 a 1 pela Copa América (Foto: Carl de Souza / AFP)

Marcelo Moreno comemora o gol da Bolívia (Foto: Mauro PIMENTEL / AFP)
Bolívia 1 x 3 Peru
Ficha Técnica
Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Arbitragem: Roddy Zambrano (Equador), auxiliado por Christian Lescano (Equador) e Byron Romero (Equador).
VAR: Esteban Ostojich (Uruguai)
Gols: Marcelo Moreno 28´ 1T (B); Paolo Guerrero 44´ 1T, Jefferson Farfán 9' 2T e Edison Flores 50' 2T (P)
Cartões amarelos: Chumacero, Roberto Fernández e Haquín (BOL), Guerrero e Zambrano (PER)
Público: 17.550 pagantes/Renda: R$ 4.906.195,00

Bolívia: Lampe, Diego Bejarano, Haquín, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo (Roberto Fernandéz), Raúl Castro (Gilbert Álvarez), Saavedra (Leonardo Vaca) e Chumacero; Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Peru: Gallese, Advíncula, Zambrano (Araujo), Abram e Trauco; Tapia, Yotún, Cueva (Edison Flores), Jefferson Farfán e Polo; Paolo Guerrero (Christofer Gonzáles). Técnico: Ricardo Gareca.

Terça-feira, 18/6
Arena Fonte Nova, Salvador
21h30 Brasil 0 x 0 Venezuela

Brasil de Philippe Coutinho empatou sem gols com a Venezuela (Foto: Raulo Arboleda / AFP)
Brasil 0 x 0 Venezuela
Ficha Técnica
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Arbitragem: Julio Bascuñán (Chile), auxiliado por Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile).
VAR: Roberto Tobar (Chile)
Cartões amarelos: Casemiro (BRA); Murillo, Figuera (VEN)
​Público: 39.622 pagantes (42.587 presentes)/Renda: R$ 8.734.480,00

​Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro (Fernandinho), Arthur e Philippe Coutinho; David Neres (Everton), Richarlison (Gabriel Jesus) e Roberto Firmino. Técnico: Tite.

Venezuela: Fariñez, Rosales, Osorio, Villanueva e Hernández; Moreno, Herrera (Soteldo) e Rincón; Machís (Figuera), Rondón (Josef Martínez) e Murillo. Técnico: Rafael Dudamel.

















3ª rodada
Sábado, 22/6
Arena Corinthians, São Paulo
16h Peru 0 x 5 Brasil
Casemiro 11' 1T
Roberto Firmino 18' 1T
Éverton 31’ 1T
Daniel Alves 8’ 2T
Willian 44' 2T
Éverton marcou seu segundo gol na Copa América (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)
Peru 0 x 5 Brasil
Ficha Técnica
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Arbitragem: Fernando Rapallini (Argentina), auxiliado por Hernan Maidana (Argentina) e Eduardo Cardozo (Paraguai).
VAR: Andres Rojas (Colômbia)
Gols: Casemiro 11' 1T, Roberto Firmino 18' 1T, Éverton 31’ 1T, Daniel Alves 8’ 2T, Willian 44' 2T
Cartões amarelos: Yotún, Advincula (Peru); Casemiro, Thiago Silva (Brasil)
Público: 42.317 pagantes (45.067 presentes)/Renda: R$ R$ 10.009.095,00.

Peru: Pedro Gallese, Luis Advincula, Luis Abram, Miguel Araujo e Miguel Trauco; Yoshimar Yotún (Edison Flores), Renato Tapia, Andy Polo e Christian Cueva (Josepmir Ballon); Jefferson Farfan e Paolo Guerrero (Christofer Gonzales)
Técnico: Ricardo Gareca.

Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís (Alex Sandro); Casemiro (Allan), Arthur e Philippe Coutinho (Willian); Gabriel Jesus, Everton e Roberto Firmino
Técnico: Tite.

Sábado, 22/6
Estádio Mineirão, Belo Horizonte
16h Bolívia 1 x 3 Venezuela
Justiniano 36´ 2T (B)
Machís 1´ 1T (V)
Machís 9´ 2T (V)
Martínez 41´ 2T (V)

Machís comandou a vitória venezuelana sobre a Bolívia (Foto: Luis Acosta / AFP)
Bolívia 1 x 3 Venezuela
Ficha Técnica
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Arbitragem: Esteban Ostojich (URU), auxiliado por Nicolas Taran (URU) e Richard Trinidad (URU)
VAR: Nestor Pitana (ARG)
Gols: Justiniano 36´ 2T (B); Machís 1´ 1T e 9´ 2T, Josef Martínez 41´ 2T (V)
Cartões amarelos: Raul Castro, Justiniano (Bolívia)
Público pagante: 4.640 (7.106 não pagantes)/Público total: 11.746/Renda: R$ 631.605,00.

Bolívia: Lampe; Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Marvin Bejarano (Roberto Fernandez); Justiniano, Arano, Saucedo, Ramiro Vaca, Leonardo Vaca (Raul Castro), Marcelo Moreno (Gilbert Alvarez). Técnico: Eduardo Villegas.

Venezuela: Fariñez, Hernández, Chancellor, Mago, Rosales, Moreno, Rincón, Machís (Martinez), Savarino, Añor (Soteldo), Rondon (Murilo). Técnico: Rafael Dudamel.



Grupo B

1ª rodada
Sábado, 15/6
Arena Fonte Nova, Salvador
19h Argentina 0 x 2 Colômbia
Roger Martínez 25´ 2T
Duván Zapata 40´ 2T

Colômbia venceu a Argentina de Messi e lidera o Grupo B da Copa América
(Foto: Raul Arboleda/AFP)
Argentina 0 x 2 Colômbia
Ficha Técnica
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Arbitragem: Roberto Tobar (Chile), auxiliado por Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile).
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Gols: Roger Martínez 25´ 2T e Duván Zapata 40´ 2T
Cartões amarelos: Rodríguez, Paredes e Saravia (Argentina); Falcao, Cuadrado, Lerma e Zapata (Colômbia)
Público: 35.572 torcedores/Renda: R$ 9.259.710,00

Argentina: Armani; Saravia, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; Rodríguez (Pizarro), Paredes, Messi e Lo Celso; Aguero (Matías Suárez) e Di Maria (De Paul). Técnico: Lionel Scaloni.

Colômbia: Ospina; Medina, Davinson Sánchez, Mina e Tesillo; Barrios, Uribe e Cuadrado (Lerma); James Rodríguez, Falcao (Duván Zapata) e Muriel (Roger Martínez). Técnico: Carlos Queiroz.

Domingo, 16/6
Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
16h Paraguai 2 x 2 Catar
Óscar Cardozo 4' 1T (P)
Derlis González 11' 2T (P)
Almoez Ali 23' 2T (C)
Rodrigo Rojas (contra) 32' 2T (C)

Foto: Mauro Pimentel/AFP
Paraguai 2 x 2 Catar
Ficha Técnica
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Arbitragem: Diego Haro (Peru), auxiliado por Jonnhy Bossio (Peru) e Víctor Ráez (Peru)
VAR: Raphael Claus (Brasil)
Gols: Óscar Cardozo 4' 1T e Derlis González 11' 2T (P); Almoez Ali 23' 2T e Rodrigo Rojas (contra) 32' 2T (C)
Cartões amarelos: Hernán Peréz e Fabián Balbuena (PAR); Salman, Madibo, Hassan e Khoukhi (CAT)
Público: 19.162/Renda: R$ 2.382.305,00

Paraguai: Gatito Fernández; Bruno Valdez, Fabián Balbuena, Júnior Alonso e Santiago Arzamendia (Juan Iturbe); Celso Ortiz, Rodrigo Rojas (Richard Sánchez), Miguel Almirón e Cecílio Domínguez; Hernán Pérez (Derlis González) e Óscar Cardozo. Técnico: Eduardo Berizzo.

Catar: Al-Sheeb; Pedro Miguel, Hisham, Al.Hassam e Hatem (Boudiaf); Salman, Madibo e Khoukhi; Al-Haydos, Almoez Ali e Akram Afif. Técnico: Félix Sánchez.

















2ª rodada
Quarta-feira, 19/6
Estádio do Morumbi, São Paulo
18h30 Colômbia 1 x 0 Catar
Duván Zapata 40´ 2T

Colômbia de James Rodríguez venceu o Catar e se classificou às quartas da Copa América
(Foto: Mauro Pimentel/AFP)

Colômbia 1 x 0 Catar
Ficha Técnica
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Arbitragem: Alexis Herrera (Venezuela), auxiliado por Luis Murillo (Venezuela) e Nicolas Tarán (URU)
VAR: Jesús Valenzuela (VEN)
Gol: Duván Zapata 40´ 2T
Cartões amarelos: Uribe (COL); Madibo, Hassan, Pedro Miguel, Akram Afif (CAT)
Público: 22.079 pagantes/Renda: R$ 5.385.300,00

Colômbia: Ospina; Medina (Santiago Arias), Davinson Sánchez, Mina e Tesillo; Barrios, Uribe e Cuadrado (Falcao Garcia); James Rodríguez, Duván Zapata e Martínez (Luis Díaz). Técnico: Carlos Queiroz.

Catar: Al-Sheeb, Pedro Miguel, Hisham, Salman e Hassan; Madibo, Khoukhi, Al-Haydos (Ahmad) e Hatem (Karim Boudiaf); Akram Afif e Almoez Abdulla. Técnico: Félix Sánchez.

Quarta-feira, 19/6 
Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21h30 Argentina 1 x 1 Paraguai
Lionel Messi 11' 2T (A)
Richard Sánchez 36' 1T (P)

Richard Sánchez abriu o placar para o Paraguai sobre a Argentina
(Foto: Douglas Magno/AFP)

Lionel Messi marcou e salvou a Argentina da derrota para o Paraguai
(Foto: Douglas Magno/AFP)
Argentina 1 x 1 Paraguai
Ficha Técnica
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Arbitragem: Wilton Sampaio (Brasil), auxiliado por Marcelo Van Gasse (Brasil) e Rodrigo Corrêa (Brasil).
VAR: Leodán Gonzales (Uruguai)
Gols: Lionel Messi 11' 2T (A); Richard Sánchez 36' 1T (P)
Cartões: Armani, Otamendi, Tagliafico (Argentina); Gustavo Gómez, Rodrigo Rojas (Paraguai)
Público: 35.265 pagantes/Público: R$ 6.718.370,00

Argentina: Armani, Casco, Pezzella, Otamendi, Tagliafico, Paredes, Lo Celso, De Paul (Suarez), Pereyra (Aguero), Messi, Lautaro Martinez (Dí Maria). Técnico: Lionel Scaloni.

Paraguai: Gatito Fernández; Ivan Piris, Gustavo Gómez, Alonso, Arzamendia, Richard Sánchez, Rodrigo Rojas, Almirón, Matías Rojas, Santander (Oscar Romero), Delis Gonzáles. Técnico: Eduardo Berizzo.
















3ª rodada
Domingo, 23/6
Arena do Grêmio, Porto Alegre
16h Catar 0 x 2 Argentina
Lautaro Martínez 3´ 1T
Sergio Agüero 36' 2T

Lautaro Martínez e Agüero marcaram os gols que classificaram a Argentina na Copa América
(Foto: Carl de Souza/AFP)
Catar 0 x 2 Argentina
Ficha Técnica
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Arbitragem: Julio Bascuñan (CHI), auxiliadii por Christian Schiemann e Claudio Rios (CHI).
VAR: Roberto Tobar (CHI) auxiliado por Gery Vargas (COL) e Christian Lescano (ECU).
Gols: Lautaro Martínez 3´ 1T e Sergio Agüero 36' 2T
Público Total: 41.390/Renda: R$ 7.901.700,00
Cartões amarelos: Lo Celso, Foyth (Argentina), Almoez Ali, Boudiaf, Abdulsalam (Catar)

Catar: Al-Sheeb;,Hisham, Khoukhi e Salman, Pedro (Ismaeil), Boudiaf,Al-Haydos, Hatem e Al Hajri (Abdulsalam), Akram Afif e Almoez Ali. Técnico: Félix Sánchez.

Argentina: Armani, Saravia, Foyth (Pezzella), Otamendi e Tagliafico; Paredes, Lo Celso (Acuña) e De Paul, Messi, Aguero e Lautaro Martínez (Dybala). Técnico: Lionel Scaloni.

Arena Fonte Nova, Salvador
16h Colômbia 1 x 0 Paraguai
Gustavo Cuéllar 31´ 1T

Colombianos comemoram o gol de Cuéllar contra o Paraguai (Foto: Raul Arboleda / AFP)
Colômbia 1 x 0 Paraguai
Ficha Técnica
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Arbitragem: Victor H. Carrillo (Peru), auxiliado por Jonny Bossio (Peru) e Victor Raez (Peru).
VAR: Anderson Daronco (Brasil)
Gol: Gustavo Cuéllar 31´ 1T
Cartões amarelos: Lucumi, Borja (COL); Arzamendia (PAR)
Público: 11.313 pagantes/Renda: R$ 2.581.785,00

Colômbia: Montero; Arias, Cristian Zapata, Lucumi e Borja; Cuellar, Lerma e Cardona (Barrios); Cuadrado (James Rodriguez), Falcao Garcia (Duván Zapata) e Luis Diaz. Técnico: Carlos Queiroz

Paraguai: Gatito Fernandez; Piris, Gomez, Alonso e Arzamendia; Richard Sanchez, Rodrigo Rojas (Iturbe), Derlis Gonzalez (Oscar Romero), Almiron e Matias Rojas (Cecilio Domínguez); Cardozo
Técnico: Eduardo Berizzo.
















Grupo C

1ª rodada
Domingo, 16/6
Estádio Mineirão, Belo Horizonte
19h Uruguai 4 x 0 Equador
Nicolás Lodeiro 5' 1T
Edinson Cavani 32' 1T
Luis Suárez 43' 1T
Arturo Mina (contra) 34' 2T

Uruguai goleou o Equador na estreia da Copa América 2019 (Foto: Getty Images)
Uruguai 4 x 0 Equador
Ficha Técnica
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Arbitragem: Anderson Daronco (Brasil), auxiliado por Marcelo Van Gasse (Brasil) e Kleber Lucio Gil (Brasil) VAR: Wilton Pereira Sampaio (Brasil)
Gols: Nicolás Lodeiro 5' 1T, Edinson Cavani 32' 1T, Luis Suárez 43' 1T e Arturo Mina (contra) 34' 2T
Cartões amarelos: Lodeiro e Gímenez (Uruguai)
Cartão vermelho: Quintero (Equador)
Público: 13.611 pagante/Renda: R$ 1.534.535,00

Uruguai: Muslera; Cáceres, Giménez, Godin e Laxalt; Bentancur, Vecino (Valverde), Nández (Pereiro) e Lodeiro (Torreira); Luis Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Equador: Alex Domínguez; Quintero, Mina, Achilier e Caicedo; Orejuela, Intriago, Antonio Valencia e Mena (Velasco); Enner Valencia e Preciado (Ibarra). Técnico: Hernán Gómez.

Segunda-feira, 17/6
Estádio do Morumbi, São Paulo
20h Japão 0 x 4 Chile
Pulgar 40' 1T
Vargas 8' 2T
Alexis Sánchez 36' 2T
Vargas 37' 2T

Atual bicampeão continental, Chile goleou o Japão na estreia da Copa América
Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Japão 0 x 4 Chile
Ficha Técnica
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Arbitragem: Mario Díaz de Vivar (Paraguai), auxiliado por Eduardo Cardozo (Paraguai) e Dario Gaona (Paraguai)
VAR: Jesus Valenzuela (Venezuela)
Gols: Eduardo Vargas 8' 2T e 37' 2T, Erick Pulgar 40' 1T e Alexis Sánchez 36' 2T
Cartões amarelos: Hara, Nakayama (Japão); Opazo (Chile)
Público: 23.253 pagantes/Renda: R$ 4.705.020,00

Japão: Osako; Hara, Ueda, Tomiyasu e Sugioka; Shibasaki, Nakayama, Kubo e Nakajima (Miyoshi); A. Ueda (Okazaki) e Maeda (Abe). Técnico: Hajime Moriyasu

Chile: Arias; Isla, Medel, Maripán e Beausejour; Pulgar, Aránguiz e Vidal (Hernández); Fuenzalida (Opazo), Vargas e Sánchez. (Fernández). Técnico: Reinaldo Rueda.

















2ª rodada
Quinta-feira, 20/6
Arena do Grêmio, Porto Alegre
20h Uruguai 2 x 2 Japão
Luis Suárez 31' 1T (U)
José Giménez 20' 2T (U)
Koji Miyoshi 24' 1T (J)
Koji Miyoshi 13' 2T (J)

Luis Suárez marcou de pênalti para o Uruguai no empate com o Japão
Foto: Jeferson Guareze/AFP)

Koji Miyoshi (11) anotou os dois gols nipônicos sobre o Uruguai (Foto: AFP)
Uruguai 2 x 2 Japão
Ficha Técnica
Local: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Arbitragem: Andres Rojas (Colômbia), auxiliado por Alexander Guzman (Colômbia) e Wilmar Navarro (Colômbia).
VAR: Diego Haro (Peru).
Gols: Luis Suárez 31' 1T, Giménez 20' 2T (U); Koji Miyoshi 24' 1T e 13' 2T (J)
Cartões amarelos: Ueda, Nakajima (Japão)
Público: 39.733/Renda: R$ 6.613.630,00

Uruguai: Fernando Muslera; Martín Cáceres, José Giménez, Diego Godín e Diego Laxalt (Giovanni González); Nahitan Nández (Giorgian De Arrascaeta), Lucas Torreira, Rodrigo Bentancur e Nicolás Lodeiro (Federico Valverde); Luis Suárez e Edinson Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Japão: Eiji Kawashima; Tomoki Iwata (Yugo Tatsuta), Naomichi Ueda, Takehiro Tomiyasu e Daiki Sugioka; Gaku Shibasaki, Ko Itakura, Koji Miyoshi (Takefusa Kubo) e Shoya Nakajima; Shinji Okazaki e Hiroaki Abe (Ayase Ueda). Técnico: Hajime Moriyasu.

Sexta-feira, 21/6
Arena Fonte Nova, Salvador
20h Equador 1 x 2 Chile
Enner Valencia 26´ 1T (E)
José Fuenzalida 8´ 1T (C)
Alexis Sánchez 6´ 2T (C)

Chilenos comemoram o gol da vitória marcado por Alexis Sánchez (Foto: AP)
Equador 1 x 2 Chile
Ficha Técnica
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Arbitragem: Patricio Loustau (ARG), auxiliado por Juan Belatti (ARG) e Ezequiel Brailovsky (ARG). VAR: Wilmar Roldan (COL)
Gols: Enner Valencia 26´ 1T (E); José Fuenzalida 8´ 1T  e Alexis Sánchez 6´ 2T (C)
Cartões amarelos: Arboleda, Gruezo, Méndez, Velasco e Mena (Equador); Vidal, Beausejour, Arias e Isla (Chile)
Cartão vermelho: Achilier (Equador)
Público: 14.727 presentes/Renda: R$ 2.551.770,00

Equador: Domínguez; Velasco, Achilier, Arboleda e Cristian Ramírez; Gruezo, Méndez (Antonio Valencia) e Orejuela; Ibarra (Garcés), Mena (Preciado) e Enner Valencia. Técnico: Hernán Gomez.

Chile: Arias; Isla, Medel, Maripán e Beausejour; Pulgar, Arágnuiz e Vidal (Jara); Fuenzalida (Paulo Días), Vargas (Pablo Hernández) e Alexis Sánchez. Técnico: Reinaldo Rueda.



3ª rodada
Segunda-feira, 24/6
Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
20h Chile x Uruguai

Chile x Uruguai
Ficha Técnica
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Arbitragem: Raphael Claus (Brasil), auxiliado por Marcelo Van Gasse (Brasil) e Kleber Lúcio Gil (Brasil).
VAR: Wilton Sampaio (Brasil).

Segunda-feira, 24/6
Estádio Mineirão, Belo Horizonte
20h Equador x Japão

Equador x Japão
Ficha Técnica
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Arbitragem: Jesús Valenzuela (Venezuela), auxiliado por Luis Murillo (Venezuela) e Rodrigo Correa (Brasil).
VAR: Fernando Rapallini (Argentina).

Quartas de final

QF1
Quinta-feira, 27/6
Arena do Grêmio - Porto Alegre - 21h30
1º colocado do Grupo A x 3º colocado do Grupo B ou C

QF2
Sexta-feira, 28/6
Maracaná - Rio de Janeiro - 16h
2º colocado do Grupo A x 2º colocado do Grupo B

QF3
Sábado, 29/6
Arena Corinthians - São Paulo - 20h
1º colocado do Grupo B2º colocado do Grupo C

QF4
Sexta-feira, 28/6
Arena Fonte Nova - Salvador - 16h
1º colocado do Grupo C x 3º colocado do Grupo A ou B

Semifinal

SF1
Terça-feira, 2/7
Estádio Mineirão - Belo Horizonte - 21h30
Vencedor QF1 x Vencedor QF2

SF2
Quarta-feira, 3/7
Arena do Grêmio - 21h30
Vencedor QF3 x Vencedor QF4

Decisão do 3º lugar
Sábado, 6/7
Arena Corinthians - São Paulo - 16h
Perdedor SF1 x Perdedor SF2

Final
Domingo, 7/7
Maracaná - Rio de Janeiro - 16h
Vencedor SF1 x Vencedor SF2

Copa do Mundo Feminina 2019 - Oitavas de final

Rafael Passos

Oitavas de final

Jogo 38
Sábado, 22/6 
Stade des Alpes, Grenoble - 12h30 
Alemanha 3 x 0 Nigéria
Alexandra Popp 20´ 1T
Sara Däbritz 27´ 1T
Lea Schüller 37´ 2T 

Atual campeã olímpica avançou às quartas de final da Copa do Mundo 2019 (Foto: Getty Images)
Alemanha 3 x 0 Nigéria
Ficha Técnica
Local: Stade des Alpes, Grenoble 
Arbitragem: Yoshimi Yamashita (Japão), auxiliada por Naomi Teshirogi (Japão) e Makoto Bozono (Japão). VAR: Carlos del Cerro Grande (ESP).  
Gols: Alexandra Popp 20´ 1T, Sara Däbritz 27´ 1T, Lea Schüller 37´ 2T 
Cartões amarelos: Alexandra Popp, Svenja Huth (ALE); Evelyn Nwabuoku, Desire Oparanozie, Rasheedat Ajibade (NIG)
Público: 17. 988 torcedores (capacidade: 20.068)

Alemanha: Almuth Schult; Giulia Gwinn, Sara Doorsoun, Marina Hegering e Verena Schweers (Carolin Simon); Melanie Leupolz (Klara Bühl), Lina Magull (Lena Oberdorf), Sara Däbritz, Svenja Huth; Lea Schüller e Alexandra Popp. Técnica: Martina Voss-Tecklenburg.

Nigéria: Chiamaka Nnadozie; Chidinma Okeke, Onome Ebi, Evelyn Nwabuoku (Rasheedat Ajibade) e Osinachi Ohale; Halimatu Ayinde, Ngozi Okobi, Uchenna Kanu (Alice Ogebe) e Francisca Ordega; Desire Oparanozie e Chinwendu Ihezuo (Chinaza Uchendu). Técnico: Thomas Dennerby.

Jogo 37
Sábado, 22/6 
Allianz Riviera, Nice - 16h 
Noruega 1 (4) x (1) 1 Austrália 
Isabell Herlovsen 31´ 1T (NOR)
Elise Kellond-Knight 38´ 2T (AUS) 

Noruega venceu a Austrália nos Pênaltis e avançou as quartas da Copa do Mundo
 (Foto: Getty Images)
Noruega 1 (4) x (1) 1 Austrália 
Ficha Técnica
Local: Allianz Riviera, em Nice 
Arbitragem: Riem Hussein (Alemanha), auxiliada por Kylie Cockburn (Escócia) e Mihaela Tepusa (Romênia). VAR: Felix Zwayer (Alemanha).
Gols: Isabell Herlovsen 31´ 1T (NOR); Elise Kellond-Knight 38´ 2T (AUS) 
Cartões amarelos: Kristine Minde, Lisa-Marie Utland, Vilde Boe Risa (NOR) 
Cartão vermelho: Alanha Kennedy (AUS)
Público: 12.229 torcedores (capacidade: 35.100)

Noruega: Ingrid Hjelmseth; Ingrid Moe Wold (Synne Skinnes Hansen), Maren Mjelde, Maria Thorisdottir e Kristine Minde; Vilde Boe Risa, Ingrid Syrstad Engen, Karina Sævik (Frida Maanun) e Guro Reiten; Caroline Graham Hansen e Isabell Herlovsen (Lisa-Marie Utland). Técnico: Martin Sjogren.

Austrália: Lydia Williams; Ellie Carpenter (Amy Harrison), Alanha Kennedy, Steph Catley e Elise Kellond-Knight (Clare Polkinghorne); Emily van Egmond (Karly Roestbakken), Chloe Logarzo, Tameka Yallop; Hayley Raso (Emily Gielnik), Caitlin Foord e Sam Kerr. Técnico: Ante Milicic.

Pênaltis 
Noruega 
Caroline Grahan Hansen ⚽
Guro Reiten ⚽
Maren Mjelde ⚽
Ingrid Syrstad Engen ⚽

Austrália 
Sam Kerr X
Emily Gielnik X
Steph Catley ⚽

Jogo 39
Domingo, 23/6 
Stade du Hainaut, Valenciennes - 12h30 
Inglaterra 3 x 0 Camarões 
Steph Houghton 15´ 1T
Ellen White 49' 2T
Alex Greenwood 13´ 2T 

Inglaterra venceu Camarões e pega a Noruega nas quartas da Copa do Mundo  (Foto: Getty Images)
Inglaterra 3 x 0 Camarões 
Ficha Técnica
Local: Stade du Hainaut, Valenciennes 
Arbitragem: Liang Qin (CHN), auxiliada por Yan Fang (CHN) e Kum Nyo Hong (Coreia do Norte). VAR: Bastian Dankert (ALE).
Gols: Steph Houghton 15´ 1T, Ellen White 49' 2T, Alex Greenwood 13´ 2T 
Cartões amarelos: Yvonne Leuko, Alexandra Takounda (CAM)
Público: 20. 148 torcedores (capacidade: 22.600)

Inglaterra: Karen Bardsley; Lucy Bronze, Steph Houghton, Millie Bright e Alex Greenwood; Fran Kirby, Keira Walsh e Jill Scott (Lucy Staniforth); Nikita Parris (Leah Williamson), Toni Duggan e Ellen White (Jodie Taylor). Técnico: Phil Neville

Camarões: Annete Ngo Ndom; Yvonne Leuko, Augustine Ejangue (Ysis Sonkeng), Estelle Johnson e Aurelle Awona; Raissa Feudjio, Michaela Abam (Ninon Abena), Jeannette Yango, Gabrielle Aboudi Onguene e Ajara Nchout; Gaelle Enganamouit (Alexandra Takounda). Técnico: Alain Djeumfa. 

Jogo 40
Domingo, 23/6 
Stade Océane, Le Havre - 16h 
França 2 x 1 Brasil
Valerie Gauvin 7' 2T
Amandine Henry 2' 2T (prorrogação) (FRA)
Thaisa 18´ 2T (BRA)

Amandine Henry e Marta duelaram no Stade Océane, em Le Havre (Foto: Getty Images)

A França aguarda o adversário, que será Estados Unidos ou Espanha.(Foto: Getty Images)

Brasil encerra sua participação na Copa do Mundo (Foto: Getty Images)

França superou o Brasil na prorrogação e avançou às quartas da Copa do Mundo(Foto: Getty Images)
França 2 x 1 Brasil
Ficha Técnica
Local: Stade Océane, Le Havre 
Arbitragem: Marie-Soleil Beaudoin (Canadá), auxiliada por Princess Brown (Jamaica) e Stephanie-Dale Yee Sing (Jamaica). VAR: Massimiliano Irrati (Itália).
Gols: Valerie Gauvin 7' 2T, Amandine Henry 2' 2T (prorrogação) (FRA); Thaisa 18´ 2T (BRA)
Cartões amarelos: Wendie Renard (FRA); Tamires, Formiga, Bia Zaneratto, Kathellen (BRA)
Público: 23.965 torcedores (capacidade: 24.000)

França: Sarah Bouhaddi; Marion Torrent (Ève Périsset), Griedge Mbock Bathy, Wendie Renard e Amel Majri (Sakina Karchaoui); Amandine Henry, Elise Bussaglia, Kadidiatou Diani e Viviane Asseyi (Gaëtane Thiney); Eugenie Le Sommer e Valerie Gauvin (Delphine Cascarino). Técnica: Corinne Diacre

Brasil: Bárbara; Letícia Santos (Poliana), Kathellen, Mônica e Tamires; Thaísa, Formiga (Andressinha) e Marta; Debinha, Ludmila (Bia Zaneratto) e Cristiane (Geyse). Técnico: Vadão.

Jogo 41
Segunda-feira, 24/6
Stade Auguste-Delaune, Reims - 13h
Espanha 1 x 2 Estados Unidos
Jennifer Hermoso 9´ 1T (ESP)
Megan Rapinoe 7´ 1T (EUA)
Megan Rapinoe 30´ 2T (EUA)

Megan Rapinoe (15) marcou os dois gols que deram a vagas aos EUA nas quartas (Foto: Getty Images)

Norte-americanas comemoram gol contra a Espanha na Copa do Mundo (Foto: Pier Marco Tacca)
Espanha 1 x 2 Estados Unidos
Ficha Técnica
Local: Stade Auguste-Delaune, em Reims 
Arbitragem: Katalin Kulcsar (Hungria), auxiliada por Katalin Torok (Hungria) e Sanja Rodak (Croácia). VAR: Danny Makkelie (Holanda).
Gols: Jennifer Hermoso 9´ 1T (ESP); Megan Rapinoe 7´ 1T e 30´ 2T (EUA)
Cartão amarelo: Irene Paredes (ESP)
Público: 19.633 torcedores (capacidade: 20.500) 

Espanha: Sandra Paños; Marta Corredera, Irene Parede, María León e Leila Ouahabi; Virginia Torrecilla (Mariona Caldentey), Vicky Losada (Nahikari Garcia), Patri Guijarro; Alexia Putellas (Andrea Falcon), Lucía García e Jennifer Hermoso. Técnico: Jorge Vilda.

Estados Unidos: Alyssa Naeher; Kelley O’Hara, Abby Dahlkemper, Becky Sauerbrunn e Crystal Dunn; Julie Ertz, Rose Lavelle (Lindsay Horan), Samantha Mewis; Tobin Heath, Alex Morgan (Carli Lloyd) e Megan Rapinoe (Christen Press). Técnica: Jill Ellis.

Jogo 42
Segunda-feira, 24/6
Parc des Princes, Paris - 16h 
Suécia x Canadá

Suécia x Canadá
Ficha Técnica
Local: Parc des Princes, em Paris
Arbitragem: Kate Jacewicz (Austrália), Kathryn Nesbitt (EUA) e Felisha Mariscal (EUA). VAR: Jose Maria Sánhez (ESP).
Gol: Stina Blackstenius 10´ 2T
Cartões amarelos: Fridolina Rolfö (SUE)
Público: (capacidade: 45.600)

Suécia: Hedvig Lindahl; Hanna Glas, Nilla Fischer, Linda Sembrant e Magdalena Eriksson; Elin Rubensson, Kosovare Asllani e Caroline Seger; Sofia Jakobsson, Stina Blackstenius e Fridolina Rolfö. Técnico: Peter Gerhadsson.

Canadá: Stephanie Labbé; Ashley Lawrence, Kadeisha Buchanan, Shelina Zadorsky e Allysha Chapman; Nichelle Prince, Desiree Scott, Sophie Schmidt e Janine Beckie; Christine Sinclair e Jessie Fleming. Técnico: Kenneth Heiner-Moller. 

Jogo 43
Terça-feira, 25/6
Stade de la Mosson, Montpellier - 13h 
Itália x China

Jogo 44
Terça-feira, 25/6
Roazhon Park, Rennes - 16h 
Holanda x Japão

Quartas-de-final

,Jogo 45
Quinta-feira, 27/6
Stade Océane, Le Havre - 16h
Noruega x Inglaterra

Jogo 46
Sexta-feira, 28/6 
Parc des Princes, Paris - 16h 
França x Estados Unidos

Jogo 47
Sábado, 29/6
Stade du Hainaut, Valenciennes - 10h 
Vencedor do jogo 43 x Vencedor do jogo 44 

Jogo 48
Sábado, 29/6
Roazhon Park, Rennes - 13h30 
Alemanha x Vencedor do jogo 42 

Semifinais

Jogo 49
Terça-feira, 2/7 
Parc Olympique Lyonnais, Lyon - 16h 
Vencedor do jogo 45 x Vencedor do jogo 46 

Jogo 50
Quarta-feira, 3/7
Parc Olympique Lyonnais, Lyon - 16h 
Vencedor do jogo 47 x Vencedor do jogo 48  

Disputa de 3º lugar
Sábado, 6/7 
Allianz Riviera, Nice - 13h 
Perdedor do jogo 49 x Perdedor do jogo 50  

Final da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2019 - França
Domingo, 7/7 
Parc Olympique Lyonnais, Lyon - 13h 
Vencedor do jogo 49 x Vencedor do jogo 50 

Internacional supera o São José de virada e sai na frente na final do Gauchão Sub-20

Rafael Passos

Internacional superou o São José e saiu na frente na final do Gauchão Sub-20
(Foto: Camila Souza/Internacional)
O Internacional está a um empate da conquista do tricampeonato consecutivo do Campeonato Gaúcho Sub-20. Neste sábado (22), o Colorado venceu o venceu o São José de virada por 2 a 1 pelo jogo de ida da final, na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada. O Zeca saiu na frente com o zagueiro e capitão Manu, de cabeça, no final do primeiro tempo, enquanto Jhonny e Nicolas marcaram para o Colorado, ambos na etapa final. 

O Celeiro de Ases, que venceu sete das últimas 11 edições do Gauchão Sub-20, buscará o 14° caneco da categoria. Neste período, o Grêmio tem apenas uma conquista, o campeonato de 2014. 

Com a vitória, a equipe comandada por Fábio Matias pode empatar o duelo da volta para o conquistar o título gaúcho. Como o regulamento da final não prevê saldo qualificado, uma vitória do São José por um gol de diferença levará a decisão para os pênaltis. Se vencer a partir de dois gols de diferença, a conquista será nos 90 minutos. O duelo de volta está marcado para domingo, dia 30, às 15h, no Estádio Passo D´Areia, em Porto Alegre.

Inter está a um empate da conquista do Campeonato Gaúcho Sub-20 pela 14ª vez
(Foto: Camila Souza/Internacional)
Depois de alguns minutos estudados, o São José criou a primeira tentativa aos 23 minutos, o centroavante Gonzalo, chutou de fora da área e mandou a bola à esquerda do gol defendido por Emerson Júnior. Dois minutos depois, o Colorado respondeu com Jhonny, que recebeu na área, chutou cruzado com perigo pela linha de fundo. 

Aos 28 minutos, o defensor colorado Volnei cobrou falta da entrada da área, a bola bateu na barreira e foi para fora. Na cobrança de escanteio, Dudu cruzou e Jonathan cabeceou por cima da trave protegida por Lorenzo. E o jogo seguiu com chances dos dois lados. Aos 36, Volnei invadiu a área chutou no canto, mas Lorenzo fez grande defesa e salvou o São José. Aos 45 minutos, após cobrança de escanteio, o capitão do São José Manu cabeceou e fez 1 a 0 para a equipe da zona norte de Porto Alegre.

No segundo tempo, o técnico do Inter promoveu trocas, que deram resultado logo aos cinco minuto. O dono da braçadeira colorada, Jhonny recebeu cruzamento da esquerda e golpeou de cabeça para deixar tudo igual: 1 a 1. Aos 15, Dudu cobrou corner e Cazzetta acertou o travessão. 

O domínio vermelho seguiu e os donos da casa desperdiçaram algumas oportunidades, com Nicolas, Weslei Uptmoor e Dudu. Até que aos 46, após cruzamento da direita, Nicolas mergulhou para tocar de cabeça para as redes e decretar a vitória do  Inter por 2 a 1.

Destaques da base colorada integrarão o grupo principal na intertemporada em Atibaia (SP).

Neste sábado (22/6), o clube divulgou uma lista de 35 jogadores que viajaram para Atibaia (SP), onde fará a intertemporada, período de treinamentos durante a realização da Copa América no Brasil. Três jogadores vindos das categorias de base integrarão o grupo principal e serão observados pela comissão técnica. Erik e Leonardo Borges, ambos laterais-esquerdos e de 18 anos, e o zagueiro Pedro Henrique, com a mesma idade. Os três integram o elenco Sub-20 do Colorado. 

O elenco fará vinte dias de trabalhos físicos, técnicos e táticos no interior paulista e no CT Parque Gigante, em Porto Alegre, mirando os desafios do segundo semestre. O Inter tem três competições pela frente: O Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores da América. 

As ausências são Jonatan Alvez, em fim de contrato, e Iago, vendido ao Augsburg, da Alemanha. Três jovens da base são a novidade no grupo. 
Confira abaixo a lista dos 35 relacionados:

Goleiros: Daniel, Danilo Fernandes, Keiller e Marcelo Lomba
Laterais: Bruno, Dudu, Erik, Leonardo Borges, Heitor, Uendel e Zeca
Zagueiros: Cuesta, Emerson Santos, Klaus, Pedro Henrique, Roberto e Rodrigo Moledo
Meias: D'Alessandro, Edenilson, José Aldo, José Gabriel, Nonato, Patrick, Rithely, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso e Sarrafiore
Atacantes: Guilherme Parede, Neilton, Nico López, Pedro Lucas, Rafael Sobis, Tréllez, Wellington Silva e William Pottker

laterais-esquerdos Erik e Leonardo Borges integrarão o grupo principal em Atibaia
(Foto: Rádio Galera)
Os jogadores Leonardo Borges e Erik embarcaram para Atibaia onde vão treinar junto ao elenco principal do Inter, falaram da expectativa de jogar no time de cima. "Desde pequeno é um sonho estar com a equipe profissional ainda mais em clube grande. Sem contar que é uma experiência sensacional, estou muito feliz de estar acompanhando a equipe profissional, mas vamos para e vamos dar o melhor" falou o lateral Leonardo Borges. 

O seu companheiro de posição Erik também relatou sua emoção de integrar o time principal do Inter. "É um sonho, chegar no profissional é o sonho de qualquer jogador, é uma benção. Só trabalhar para tentar me manter lá, porque como todo mundo diz muitos chegam, mas o difícil é manter e o meu objetivo é me manter no profissional". Destacou o camisa 6 do time Sub-20 colorado.

O capitão do Inter, Jhonny falou sobre a vitória sobre o São José no jogo de ida da final do Gauchão Sub-20
(Foto: Rádio Galera)
João Lucas ou simplesmente Jhonny nasceu em Denville, Nova Jersey, em 2001, mas seus pais optaram por retornar ao Brasil quando tinha ainda alguns meses de vida, para criá-lo perto da família. O jovem iniciou sua trajetória no futsal, na escolinha de Falcão e Sorato em Criciúma, Santa Catarina. Por lá, o garoto passou a atuar no campo aos 11 anos, pelo Criciúma. Um ano mais tarde, participou de um tradicional torneio de começo de ano em Três Coroas, no interior gaúcho. O destaque na competição atraiu os olhares do Inter, onde joga desde 2015.

"Muito feliz pelo resultado. No primeiro tempo fizemos abaixo do nosso nível e no segundo tempo voltamos com tudo conseguimos propor o jogo mais no segundo do que no primeiro e o resultado veio e no segundo jogo a gente vai lá buscar o resultado novamente". Declarou o meio-campista colorado.

O técnico do Inter, Fábio Matias avaliou a vitória sobre o São José (Foto: Rádio Galera)
Fábio Matias, que já treinou os times Sub-17 e Sub-20 do Inter entre 2016 e 2017, voltou ao Inter em março. Após a vitória sobre o São José, o treinador avaliou a partida. "Nos conseguimos controlar, sustentar o jogo, ter ações ofensivas mais claras. Se trabalharmos na base com um grupo de onze, a gente acaba não tendo formação. Nós trabalhamos com formação, a ideia é desenvolver esses meninos, estamos desenvolvendo eles e para isso precisamos ter um grupo qualificado. Hoje nós temos um elenco de 23 atletas com 90% de jogadores 2001". completou o comandante colorado.

O técnico do Rafael Porto comanda o São José, que não chegava à final Gauchão Sub-20 há cinco anos.
(Foto: São José/Divulgação)
O São José vai em busca de um título inédito. O máximo que o Zeca conseguiu foi três vices (2005, 2006 e 2014) todos para o Grêmio. Após a partida, o técnico Rafael Porto concedeu entrevista e avaliou o resultado e projetou o próximo jogo. "Só nos resta vencer, sem outra alternativa. É para isso que vamos trabalhar forte nesta semana. Saímos muito vivos deste primeiro jogo", destacou o técnico no final da partida em Alvorada.




Fotos: Eduardo Torres/São José
Internacional 2 x 1 São José
Ficha Técnica
Local: Morada dos Quero-Queros, em Alvorada
Arbitragem: Marcus Vinícius Gonçalves, auxiliado por Cleber Gilmar Flores e Bruno Prestes França. 4º árbitro: Luiz Hermes Júnior. Delegada: Vera Pavani.
Gols: Jhonny 5´ 2T, Nicolas 46´ 2T (I); Manu 44´ 1T (SJ)
Cartões amarelos: Dudu, Jonathan (I); Tcharles, Cadu, Samuel (SJ)

Internacional: Emerson Júnior, Carrijo (Leonardo Borges), Volnei, Cazzetta (Adriel) e Erik; Jonathan (Luiz Vinícius), Jhonny, Dudu (Lucas Ramos) e Fernando (Weslei Uptmoor); João Victor (Nicolas) e Caio. Técnico: Fábio Matias.

São José: Lorenzo; Everton, Manu, Felipe e Cadu; Samuel, Lissandro e Arthur (Thayllon); Guto (Gabriel), Tcharles e Gonzalo. Técnico: Rafael Porto.